Novas gerações de consoles sempre dão o que falar, principalmente os da Nintendo. Além das aguardadas funcionalidades inovadoras, a todo lançamento ficamos a discutir quais jogos ou franquias deveriam receber mais uma chance, torcendo para uma nova edição de um game favorito. Pensando nisso, reunimos logo abaixo 10 jogos e franquias da Nintendo que estiveram ausentes no Wii U, mas que deveriam aparecer no Nintendo Switch!

nintendoswitch-hardware00-1_2n9j

1. Fire Emblem

A franquia de RPG estratégico da Nintendo deu as caras nos consoles pela última vez em 2008, em Fire Emblem: Radiant Dawn, lançado para o Wii. Apesar disso, ela continuou sendo lançada nos portáteis contando como destaque o excelente Fire Emblem: Awakening para o Nintendo 3DS. Considerando a portabilidade do Nintendo Switch, nada mais justo do que um retorno da franquia aos videogames de mesa. Felizmente, esse problema será resolvido em breve, já que a Nintendo anunciou Fire Emblem Warriors – feito pela mesma equipe de Hyrule Warriors – e um novo game da franquia principal, que ainda não possui um título.

2. Metroid

Talvez o retorno mais requisitado pelos fãs da Nintendo, a última aparição de Samus Aran em um título próprio para consoles foi Metroid: Other M, também lançado para o Wii. Com a ausência total de um título no Wii U – a era Wii recebeu, além de Other M, Metroid Prime 3: Corruption -, todo fã da caçadora de recompensas fica na expectativa do anúncio de um novo game da série a cada nova transmissão de anúncios da gigante nipônica. Enquanto o anúncio não aparece, alguns aficionados dão ideias para o próximo título, como torná-lo de “galáxia aberta”, permitindo explorar todo o universo de Metroid livremente.

nintendo-switch-metroid

3. F-Zero

Outra das franquias cujo retorno é o mais desejado pelos nintendistas. A série de corridas futurísticas F-Zero marcou presença pela última vez em F-Zero GX para o Nintendo GameCube em 2003. Desde então, a série foi representada apenas com a presença do protagonista em Super Smash Bros e, recentemente, com a pista Big Blue em Mario Kart 8. Porém, até hoje o retorno de F-Zero nunca foi mencionado nem mesmo em boatos, provavelmente indicando que ela não voltará a receber jogos. Considerando a portabilidade do Nintendo Switch e a facilidade de chamar amigos para a jogatina, agora seria um bom momento das pistas ultravelozes de F-Zero retornarem com um título próprio.

4. No More Heroes

Com dois títulos lançados no Wii, No More Heroes transformou um otaku estereotipado em uma máquina de matar que porta uma katana laser para cumprir contratos de assassinato e pagar suas dívidas em uma cidade californiana fictícia. Apesar da intenção do diretor Goichi Suda – Suda51, para os mais íntimos – de fazer apenas um título, a boa recepção de público e crítica garantiu uma sequência, também lançada no Wii. No entanto, após o lançamento do segundo game, o diretor pensou em um terceiro jogo para a série, que talvez viesse a ser lançado no Wii U. O terceiro título não chegou a ser anunciado para o sucessor do Wii, mas o retorno de Travis Touchdown já foi confirmado para o Nintendo Switch!

5. MadWorld

Outro jogo que marcou a era Wii, MadWorld foi na direção oposta do que foi estabelecido para o console da Nintendo, trazendo um jogo brutal, violento e recheado de humor negro. Tudo isso com um estilo artístico que remetia à Sin City. Assim como No More Heroes, MadWorld também trazia um protagonista que precisava se tornar o número 1 de um ranking, mas dessa vez em um reality show sádico. Uma espécie de sequência espiritual foi lançada para o PS3 e Xbox 360, chamada Anarchy Reigns, trazendo inclusive alguns personagens do original embora não tivesse adotado o estilo do original e não tenha dado as caras nos consoles da Nintendo.

nintendo-switch-madworld

6. 1080° Snowboarding

Podemos considerar a série 1080° Snowboarding e sua sequência 1080° Avalanche como a melhor entre as adaptações de esportes de inverno para os consoles da Nintendo. Dividido em modos de corrida ou acrobacias – que lembravam a também popular série Tony Hawk’s Pro Skater -, 1080° ganhou popularidade por sua simplicidade nos controles, permitindo que os jogadores aprendessem os controles básicos e já começassem a experimentar arriscar suas manobras em pouco tempo.

7. Kid Icarus

Kid Icarus é uma das série clássicas do NES que voltou aos holofotes em 2012 com Kid Icarus: Uprising, no Nintendo 3DS, saindo da plataforma 2D para um frenético jogo de tiro em terceira pessoa. Apesar de bem recebido tanto pelo público quanto pela crítica, o título não chegou a ganhar uma sequência no portátil ou uma edição para os consoles de mesa. Assim como Uprising trouxe a franquia de volta e serviu para mostrar as então novas funcionalidades do Nintendo 3DS, usar o defensor de Palutena para mostrar do que o Switch é capaz seria uma excelente ideia. Porém, vale considerar que ela também seria tardia, considerando que o console já foi lançado e nenhum anúncio foi feito até então.

8. Donkey Kong 64

Pode parecer trapaça citar o gorilão e sua turma nessa lista, já que Donkey Kong Country Returns: Tropical Freeze foi lançado para o Wii U. Por isso, mencionamos especificamente Donkey Kong 64, a aventura tridimensional lançada em 1999 para o Nintendo 64. Mesmo com a aprovação geral tanto do público quanto da mídia, um novo título seguindo esse estilo nunca chegou a ser anunciado, parte disso se devendo à venda da Rare para a Microsoft alguns anos após seu lançamento. E ainda poderiam refazer o famoso e inesquecível rap da abertura!

9. Pokémon Stadium

Os monstros de bolso ganharam um aliado com o Nintendo Switch. Considerando que o console é um híbrido dos videogames de mesa e os portáteis, é possível que veremos maior presença de Pokémon no console. Em novembro do ano passado, um rumor apontou para o lançamento de um título da série principal no console, embora a informação não tenha sido confirmada. Mas duas séries alternativas à principal merecem um retorno aos consoles.

A primeira dela é Pokémon Stadium, que teve dois títulos lançados no Nintendo 64, junto a Pokémon Colosseus no GameCube e Pokémon Battle Revolution no Wii. Todos os jogos permitiam trazer monstros da série principal para as arenas tridimensionais, mas um novo título poderia também agregar não apenas os Pokémon do Nintendo 3DS, mas também aqueles capturados em Pokémon GO, por exemplo.

nintendo-switch-pokemon-stadium

10. Pokémon Snap

E a segunda série alternativa aos jogos principais dos monstros de bolso é justamente Pokémon Snap, também lançado para o Nintendo 64. Trocando pokébolas por uma máquina fotográfica, o resultado acabou saindo muito melhor que o esperado, com fãs refazendo os estágios do game repetidamente para conseguir uma foto perfeita de seu Pokémon favorito. Rumores sobre um Pokémon Snap 2 para o Nintendo Switch apareceram após a revelação de um modo voltado à fotografia em Pokémon Sun/Moon, mas nenhum tipo de anúncio foi feito e parece improvável que uma sequência venha a surgir, principalmente por Pokémon GO já suprir, de certa forma, a vontade de esbarrar com Pokémon pessoalmente.

Veja também:

Qual franquia antiga gostaria de rever no Nintendo Switch?

A Nintendo é tão rica em franquias passadas que daria para colocar mais dez exemplos em nossa lista e ainda assim estar faltando coisa. Por isso, a estendemos até você: quais franquias gostariam de rever no novo console da Nintendo? Deixe um comentário com suas sugestões!

https://hobbismo.com.br/wp-content/uploads/2017/03/nintendoswitch-hardware00-1_2n9j-1024x579.jpghttps://hobbismo.com.br/wp-content/uploads/2017/03/nintendoswitch-hardware00-1_2n9j-150x150.jpgFilipe SallesGamesSliderGamesNovas gerações de consoles sempre dão o que falar, principalmente os da Nintendo. Além das aguardadas funcionalidades inovadoras, a todo lançamento ficamos a discutir quais jogos ou franquias deveriam receber mais uma chance, torcendo para uma nova edição de um game favorito. Pensando nisso, reunimos logo abaixo 10 jogos...Tudo sobre seus hobbies em um só lugar!