Sempre queremos jogar board games cada vez mais diferentes e imersivos. Checkpoint Charlie oferece isso. É muito gostoso juntar os amigos e familiares para disputas divertidas regadas à risadas e competição. Checkpoint Charlie também traz essa combinação. Porém, de vez em quando, temos como opções aqueles títulos que levam horas só para aprender suas regras e pequenos detalhes para posicionar peças e finalmente começar a jogatina. Felizmente, Checkpoint Charlie é o oposto dessa complicação.

O jogo foi trazido em português pela editora Devir em 2017. Seu custo é considerado “barato” por estar abaixo dos três dígitos que está se tornando padrão no mercado. Nele, jogamos como um detetive cachorro de sobretudo que tem como objetivo prender um chefe dos espiões gatos. Usando de muita observação e dedução, vamos eliminando cada suspeito de nossa lista para enfim definir o vilão e vencer a rodada.

checkpoint-charlie

Toda a ambientação é focada na famosa Guerra Fria. Seu plano de fundo histórico é deveras interessante, pois o próprio nome do jogo é referência direta ao nome dado pelos aliados a um posto militar entre a Alemanha Ocidental e a Oriental. Assim, ele tornou-se um marco de esperança para muitos alemães orientais que acreditavam que, ao passá-lo, estariam na “Alemanha correta” e poderiam prosperar.

Dando as cartas

A melhor parte de Checkpoint Charlie é a sua simplicidade. O jogo é para 3 a 5 jogadores, mas o ideal é se divertir com o número máximo. Cada pessoa recebe uma ficha de pista que revela uma das cinco características do espião chefe que pode ser um chapéu, um cachecol e até mesmo um jornal embaixo do braço. A partir daí, cada jogador revela cartas para indicar quem é suspeito ou não. O objetivo é identificar o agente antes dos outros detetives e acusa-lo. Quem o fizer primeiro ganha mais pontos que os outros e uma nova rodada começa.

É como jogar aquele velho jogo de detetive de papelzinho onde um é o “assassino”, um é o “detetive” e os outros são as “vítimas”. A dedução e a observação não são apenas elementos importantes na jogatina, mas essenciais para aquele que quer se consagrar vencedor. Assim, é bom prestar atenção não apenas nas cartas e fichas de seus adversários, mas também em suas faces e olhares. O blefe pode rolar solto, mas sempre tem que ser planejado, pois mesmo com regras simples, é fácil meter as patas pelas patas.

checkpoint-charlie-cartas

Checkpoint Charlie: Diversão para qualquer momento

Hoje em dia há tantos títulos diferentes para quem curte o bom e velho jogo de tabuleiro que é extremamente fácil se afogar. A quantidade de regras e nomenclaturas para absorver muitas vezes faz com que o desânimo apareça antes mesmo da primeira rolagem de dados ou da primeira compra de carta. Isso sem contar o tempo que cada partida pode levar, em alguns casos mais de duas horas de jogatina com várias pausas para reler o manual e definir o próximo movimento.

Os jogos longos não são ruins, mas nem sempre temos tempo para investir neles. Nessas horas, ter opções mais diretas e curtas acabam sendo as mais indicadas, em especial em situações onde os jogadores não são tão familiarizados com boardgames.

É aqui que Checkpoint Charlie brilha. Que tal uma jogatina antes do almoço? Uma chuva começou a cair e a luz acabou? Você quer introduzir novatos no maravilhoso mundo dos dados e meeples? Cada uma dessas situações podem ser resolvidas com este jogo, garantindo, assim, 30 minutos de diversão antes da próxima partida.

Quem será o seu próximo suspeito?

Leia mais sobre jogos analógicos e digitais no Hobbismo:

Você conhece outros boardgames simples de aprender?

É claro que amamos jogos complexos como XCOM e Zombicide, porém nem sempre dá pra ficar horas explicando regras para o seu grupo. Quais outros jogos como Checkpoint Charlie cujas regras são fáceis de assimilar você conhece e sugere para experimentarmos? Deixe nos comentários que logo mais vamos preparar uma lista toda bacaninha!

https://hobbismo.com.br/wp-content/uploads/2018/04/CheckpointCharlie1-780x526.pnghttps://hobbismo.com.br/wp-content/uploads/2018/04/CheckpointCharlie1-780x526-150x150.pngRicardo SyoziBoardgameBoardgame,Checkpoint Charlie,DevirSempre queremos jogar board games cada vez mais diferentes e imersivos. Checkpoint Charlie oferece isso. É muito gostoso juntar os amigos e familiares para disputas divertidas regadas à risadas e competição. Checkpoint Charlie também traz essa combinação. Porém, de vez em quando, temos como opções aqueles títulos que levam...Tudo sobre seus hobbies em um só lugar!