Numa das sagas literárias de maior sucesso no mundo, um maravilhoso escritor presenteou os fãs de literatura com um cenário magnífico, descrição rica de detalhes e personagens profundos que parecem reais. Cada um possui sua própria personalidade e o mundo criado pelo autor desperta, em cada parte de sua obra, emoções intensas no leitor através das aventuras e do relacionamento dos protagonistas e antagonistas desse universo.

O famoso autor se chama John Ronald Reuel Tolkien, conhecido como J. R. R. Tolkien. Ele criou a gênese de seu universo místico e o desenvolveu até chegar ao que conhecemos hoje como Terra-Média, da aclamada saga d’O Senhor dos Anéis.

racas-de-rpg-senhordosaneis

Literatura Fantástica e RPG

A base dos contos de Tolkien, como sabemos, deu origem ao que conhecemos do RPG e a variedade de raças míticas existentes em cenários de jogo, sobretudo nos temas de fantasia medieval. O tema nos motivou a escrever este artigo sobre a convivência de humanos e raças sobrenaturais como elfos, orcs e anões. Será que lidaríamos de forma diferente ou igual ao que fizemos entre nós? É um assunto polêmico de se tratar, mas vamos levá-lo para o RPG e como é mostrado nos livros de literatura fantástica vinculando às nossas mesas de jogo.

Percebam que na mitologia tolkieniana, ocorreu o inverso da criação de raças. Primeiro, surgiram os elfos, depois os anões e então os orcs, denominados como elfos corrompidos por magia negra. Só então os humanos foram criados pelo deus supremo e despertos de seu sono para povoar a Terra Média.

O interessante é que esse tipo de história não é nova, mas a forma como o autor abordou a interação entre os seres fantásticos e os humanos em Senhor dos Anéis sim. O autor trouxe para a literatura fantástica e para o público nerd novas possibilidades de entender um mundo mitológico, trazendo reflexões sobre as paixões humanas retratadas na obra e seus conflitos e guerras por territórios e poder, colocando essas criaturas com magia e inteligência considerada superior no caldeirão.

racas-do-rpg-hobbit

O convívio no mesmo universo com outras raças humanoides é comum nos cenários de RPG. Elfos da Terra Média e de outros sistemas de RPG são altos, esguios e muito belos para os padrões de estética dos autores, mas não se diferenciam muito em relação à estrutura óssea humana, apesar de detalhes como as orelhas pontudas. Já os anões são como os anões da nossa Terra, mas bem vigorosos, mais brutos e com uma cultura própria que valoriza a honra e a força em batalhas.

Além desses detalhes, vamos discorrer sobre o que está por trás dessas raças de RPG e a representação que elas possuem no hobby. Afinal, existem inúmeras raças e sub-raças e cada uma possui sua própria cultura, pensamentos, filosofias. Conflitos internos e rivalidades com outras raças também estão presentes, acontecendo de maneira parecida ao que vemos no mundo real.

Claro, com sua particularidade fantasiosa, magia e monstros à solta, mas vamos pensar um pouco no simbolismo dessas criaturas e como vemos essa convivência entre raças fantásticas nas nossas mesas de RPG.

Humanos e Raças Fantásticas

racas-de-rpg-capa

Abaixo, há uma descrição sobre algumas das raças de RPG. Como existem uma infinidade de criaturas em todo tipo de sistemas de RPG, usaremos como referência as raças dos primeiros RPG’s de fantasia medieval, como o D&D, AD&D e Gurps Fantasy, por exemplo.

– Humanos: Dos muitos personagens da literatura fantástica, temos o humano como protagonista e as culturas humanas são a maioria independente do tipo de classes ou acessos aos poderes do mundo.

Em contos como Senhor dos Anéis, os povos humanos acabam sendo vistos como ambiciosos, mesquinhos e egoístas, talvez para retratar de forma mais próxima a realidade ou fazer uma crítica à sociedade. São a raça dominante em vários livros de RPG, porém não possuem características especiais ou mágicas como as outras raças retratadas nos jogos, o que é compensado por terem acesso a certos talentos que as outras não possuem.

Assim, o humano também possui desenvoltura para qualquer classe quando falamos de fantasia medieval, desde o guerreiro comum ao mago mais habilidoso;

racas-de-rpg-humanos

Elfos: Geralmente retratados como seres altivos, belos e possuindo ligação com a floresta e magia. Vemos exemplos muito interessantes nas obras do Senhor dos Anéis e os filmes de Dungeons & Dragons. Games e animes também trazem essa ideia do elfo tolkieniano.

Entretanto, em outras obras, os elfos são um pouco diferentes, como em Harry Potter, que é uma criatura que lembra um goblin, mas possui poderes mágicos de alto nível. Já em Game of Thrones são parecidos com fadas do tipo dríades: verdes e com aspecto de plantas à volta do corpo. Ou seja, independente do universo que existem os elfos, a ligação com a magia e longevidade são características presentes na raça.

racas-de-rpg-elfos

– Anões: De estatura mediana para baixo, os anões são robustos e brutos, retratados como pessoas de muita honra e valorizam o combate armado, especialmente com seus machados de batalha. Sua cultura remete à mitologia viking, cultuando as barbas longas como sinais de força e bravura.

No RPG, são seres vigorosos e resistentes à alguns tipos de efeitos mágicos. Normalmente, vivem em montanhas e subterrâneos. Conhecemos mais sobre eles no livro O Hobbit, com detalhes sobre sua cultura e história, uma base que é repetida em outros cenários de RPG.

racas-de-rpg-anoes

– Orcs: Em Senhor dos Anéis, orcs são elfos corrompidos e transformados em semi-humanos deformados, bárbaros e sanguinolentos que anseiam a destruição dos humanos e outras raças em prol do seu mestre Sauron, o senhor do escuro e grande vilão da saga de Tolkien.

Nos sistemas de RPG eles se tornaram uma raça jogável através dos meio-orcs em Dungeons & Dragons, com características parecidas, mas sem a natureza maléfica comum aos orcs. Possuem características focadas em batalhas físicas, valorizando o vigor e a brutalidade em combate. Com habilidades voltadas para a guerra, eles também existem deuses representantes da raça, como no RPG Tormenta ou em World of Warcraft.

racas-de-rpg-orcs

– Meio-elfos: Um misto de humano com elfo, os meio-elfos possuem algumas habilidades dos elfos, mas com maior adaptabilidade, comum à raça humana. Geralmente, são retratados no RPG como nômades, sem origem ou nação certa, sofrendo preconceito tanto de elfos quanto humanos puros.

racas-de-rpg-meioelfos

– Halflings: Originalmente chamado de hobbits, chegam a ser menores em estatura que os brutos anões. Retratados como um povo agrícola, alegre e muito comilões, os halflings, possuem muita destreza e são considerados espertos.

Um bom exemplo que mostra as habilidades dessa raça é Bilbo Bolseiro, da saga O Hobbit, que mostra o personagem lidando com situações de forma corajosa apesar de ser de um povo considerado “fraco” devido sua tradição de serem fazendeiros pacíficos. Quando se joga com um halfling, a ficha ganha bônus para habilidades consideradas ladinas, como furtividade, escapismo, etc.

racas-de-rpg-halflings

O relacionamento entre as raças de RPG

A rivalidade entre elfos e anões é famosa nas obras literárias e no RPG, assim como existe a guerra de todas as raças de um determinado cenário contra os orcs, por esses últimos serem considerados malignos – e normalmente atacando primeiro!

É muito interessante trazer essas questões de rivalidade e preconceito existentes nas raças dos mundos de fantasia, afinal, onde existe uma sociedade, haverá conflitos das mais variadas origens, seja por interesses territoriais, econômicos ou por divergências étnicas. Vemos esses conflitos aparecerem nas disputas entre reinos, entre os candidatos à rei ou rainha, pelo domínio de um determinado conhecimento ou guerras religiosas. Aqui iremos focar nos conflitos entre as raças de RPG, segundo algumas obras de fantasia e nos sistemas mais conhecidos.

racas-de-rpg-relacionamento

Vemos que, em grande parte dos mundos de fantasia, os humanos são considerados ambiciosos e corruptos pelas outras raças. As histórias passam a ideia do ser humano como ganancioso desde Senhor dos Anéis às outras obras e jogos de videogame, como Dragon Age e Final Fantasy. Em Tormenta RPG, por exemplo, a raça humana é representada pela deusa da ambição Valkaria.

A rivalidade entre as raças é um tema interessante para ser retratado em campanhas de RPG. O intuito não é de causar problemas no grupo de jogo, mas interpretar alguns estranhamentos entre determinados personagens é divertido, uma vez que ninguém se torna amigo confiável da noite para o dia.

No anime Record of Lodoss War, alguns comentários ácidos são soltos pelos personagens Deedlit, a elfa e Gim, o anão, fazendo referência aos conflitos entre o famoso Legolas Greenleaf e Gimli, que ilustra esses conflitos divertidos e engraçados entre os companheiros de Frodo, protagonista da Sociedade do Anel.

É importante frisar aos jogadores como funcionam os problemas entre as raças, com rancores guardados na história entre os povos, ao ponto das relações fazerem surgir uma inimizade intensa ou uma disputa de orgulho. Outros membros dessas raças conseguem lidar de uma forma menos violenta e amargurada?

racas-de-rpg-magia

Na quarta edição do Dungeons & Dragons, existem os Tieflings, seres descendentes de demônios dos nove círculos infernais, como parte das raças de RPG possíveis de se jogar. Em geral, são temidos e tratados com desprezo ao ponto de tornarem-se escravos em algumas sociedades.

No cenário, são descendentes de humanos com demônios que fizeram pactos sombrios e ergueram um império poderoso, mas que ruiu com o tempo, se tornando uma raça sem território próprio. O relacionamento dos povos com os tieflings podem ser trabalhados de forma semelhante ao que tivemos na história de muitas culturas do mundo real em época de conquistas.

Entretanto, é necessário trazer aos jogadores o ambiente de respeito entre os participantes e tratar a questão com certa maturidade se for necessário, lembrando que é um jogo e precisamos manter a diversão de todos.

Rivalidades que se tornam grandes amizades

O que é muito legal tratar desse tema é como os jogadores irão perceber essas rivalidades e aliança, trabalhando essas questões no grupo de aventuras. Há a possibilidade de desenvolver a amizade semelhante ao elfo Legolas e o anão Gimli ou o provável é que se tornem inimigos, acabando por sabotar uns aos outros.

racas-de-rpg-legolas

Mas e quando as vidas dos personagens dependerem da total colaboração da equipe? O elfo ficará receoso em ajudar o anão com sua magia de proteção? O anão irá erguer os braços para ajudar o elfo que está enfraquecido e carregá-lo? O humano clérigo vai ajudar o tifling gastando suas orações com as feridas de um descendente de demônios? Ou as raças de RPG místicas irão desconfiar do humano que tem a fama de raça corrupta?

Leia mais sobre RPG no Hobbismo:

Quais abordagens sobre as raças de RPG costuma usar em suas campanhas?

Como tratam os conflitos raciais e étnicos em seus grupos? Já chegaram a pensar nessa possibilidade de interação? E se já possuem experiências com esse tipo de trama, tiveram problemas com os jogadores ou os relacionamentos entre eles por isso? Contem suas experiências para nós e vamos aprimorar nossa diversão rpgística!

http://hobbismo.com.br/wp-content/uploads/2018/05/03_NEW-TO-DnD_Races_Heroes_Hero_140725.jpghttp://hobbismo.com.br/wp-content/uploads/2018/05/03_NEW-TO-DnD_Races_Heroes_Hero_140725-150x150.jpgRick ValerioRPGraças de RPG,RPG,RPG de mesaNuma das sagas literárias de maior sucesso no mundo, um maravilhoso escritor presenteou os fãs de literatura com um cenário magnífico, descrição rica de detalhes e personagens profundos que parecem reais. Cada um possui sua própria personalidade e o mundo criado pelo autor desperta, em cada parte de sua...Tudo sobre seus hobbies em um só lugar!