Apesar de não ser o primeiro videogame portátil, o Game Boy foi o primeiro de muitos fãs da Nintendo, já provando desde aquela época a superioridade da gigante nipônica no que diz respeito a jogos portáteis. Embora hoje já seja possível jogar jogos da Nintendo no celular e até mesmo seu recente videogame seja um híbrido entre console de mesa e portátil, muitos ainda lembram dos jogos de Game Boy em preto e branco, que rodavam no nosso clássico “tijolão”. Volte no tempo relembrando dos 10 melhores games para o portátil da Nintendo!

10. Kirby’s Dream Land

O primeiro jogo da bolinha rosa mais conhecida dos videogames – desculpa, Jigglypuff -, quando nem rosa ela ainda poderia ser. Na época, Kirby ainda era uma bolinha monocromática e não tinha recebido seus poderes de cópia, que viriam apenas em sua edição para o NES. Ainda assim, Kirby já era capaz de engolir e cuspir seus inimigos, além de flutuar por um breve período. Os poderes de cópia só apareceriam na sequência, Kirby’s Dream Land 2.

jogos-de-game-boy-kirby

9. Gargoyle’s Quest

Um dos primeiros jogos a usar um vilão como protagonista – algo que veríamos novamente no console em Super Mario Land 3: Wario Land -, Gargoyle’s Quest o colocava no papel do algoz do rei Arthur de Ghosts ‘n’ Goblins. O título seguia o estilo plataforma ao desbravar as fases e, na vila que servia como base, a perspectiva mudava para o topo, como vemos nos games clássicos da série The Legend of Zelda.

jogos-de-game-boy-gargoyle

8. Super Mario Land 2: 6 Golden Coins

Outra estreia de um personagem eterno da Nintendo aconteceu em Super Mario Land 2: 6 Golden Coins. Assim como Donkey Kong, foi aqui que Wario aprontou suas primeiras peripécias contra o encanador bigodudo, se tornando protagonista na sequência, que mencionamos anteriormente.

Seguindo o sistema dos jogos clássicos do Mario, o herói deve ultrapassar 6 mundos para capturar as moedas douradas e libertar a Mario Land das mãos de Wario. Foi o primeiro título de Mario no Game Boy a permitir o salvamento do jogo, sem a necessidade de passwords…ou maneira alguma de salvar o progresso!

jogos-de-game-boy-marioland2

7. Super Mario Land

Se formos falar em termos técnicos, Super Mario Land 2: 6 Golden Coins é infinitamente superior ao título de estreia do bigodudo no clássico portátil. A nível pessoal, Super Mario Land ocupa uma posição maior. Apesar de ter dois mundos a menos – totalizando apenas quatro mundos -, o título não contava com sistema de passwords ou salvamento interno, obrigando o jogador a zerá-lo em uma tacada só.

Mesmo sendo uma versão menor que a série principal, Super Mario Land não deixava faltar nada que fazia da franquia o que ela representava: saltos calculados, obstáculos e armadilhas e as famigeradas fases aquáticas – com a vantagem que, ao menos nesse título, você a jogava em um submarino. A sensação de missão cumprida ao conseguir zerar os quatro mundos de uma vez só é indescritível e o torna um dos jogos mais queridos da minha coleção.

jogos-de-game-boy-supermarioland

6. The King of Fighters 96′

Não há como compará-lo com a versão original para Arcade e Neo Geo, mas a adaptação de The King of Fighters 96′ para o Game Boy conseguia ser fiel a série ao mesmo tempo que era divertido, mesmo com as limitações gráficas. Os personagens foram diminuídos, mas continuavam com estilo parecido aos originais, assim como o formato de batalhas de 3×3. The King of Fighters 96′ é um dos melhores jogos de Game Boy do gênero, difícil de ser reproduzido no portátil.

jogos-de-game-boy-kof96

5. Megaman 2

O Game Boy clássico chegou a receber versões portáteis dos títulos da série principal de Mega Man. Por conta das limitações do portátil, apenas metade dos chefes da versão para console de mesa marcam presença no título, entre eles o famoso Wood Man – cuja arma se tornou um dos golpes do azulzinho na edição atual de Super Smash Bros -, além de Air Man, Metal Man e Crash Man.

Ainda assim, a jogabilidade icônica da série se mantém intacta, possuindo desafios semelhantes só que com coloração monocromática e podendo ser jogado em qualquer lugar que tivesse iluminação. Uma das melhores edições da franquia do azulzinho também é uma das melhores do Game Boy “tijolão”.

jogos-de-game-boy-megaman

4. Metroid II: Return of Samus

Em uma decisão controversa, a sequência do genial Metroid do NES não foi lançada no console de mesa, mas sim como um título portátil. Metroid II: Return of Samus levou a caçadora de recompensas ao planeta original dos Metroids, com a missão de exterminar de vez a perigosa raça.

Um dos maiores marcos sobre a sequência de Metroid foi que a decisão de tornar a segunda aventura de Samus Aran se provou acertada, sendo um dos jogos mais cultuados até hoje. Isso culminou no lançamento do recente Metroid: Samus Returns para o 3DS, um remake que traz o mesmo enredo, mas com mecânicas atualizadas. Metroid II: Return of Samus é um dos jogos de Game Boy mais cultuados – e extensos, considerando o hardware limitado – até hoje.

jogos-de-game-boy-metroid

3. Tetris

A primeira versão de Tetris não foi para o Game Boy, mas é a mais lembrada entre os fãs. O título vinha junto com a primeira edição do portátil e ajudou o portátil da Nintendo a se popularizar. O puzzle que trouxe os blocos que deviam formar linhas para serem eliminados é um dos melhores jogos de Game Boy até hoje e ganhou diversas versões no futuro. Porém, a lembrança que vem na cabeça da maioria dos fãs é a da telinha do Game Boy.

jogos-de-game-boy-tetris

2. The Legend of Zelda: Link’s Awakening

Vou fazer uma confissão: só fui jogar The Legend of Zelda: Link’s Awakening em sua versão DX, lançado com o Game Boy Color. Porém, vale lembrar que isso não tira o mérito da versão original, que trouxe Link em sua primeira aventura portátil. Também trazendo uma mapa extenso – perdendo apenas para o de Metroid II -, dessa vez Link não vai atrás da Triforce ou tenta salvar a princesa Zelda, indo parar em um mundo alternativo.

Mesmo com um enredo diferente, Link’s Awakening trouxe tudo que fazia de The Legend of Zelda um clássico: exploração, quebra-cabeças, diversos itens e dungeons com chefes memoráveis. Se nunca jogou Link’s Awakening até hoje, consideramos fortemente que embarque nessa aventura, uma das melhores da franquia até hoje.

jogos-de-game-boy-zelda

1. Pokémon Red/Blue

Muitos podem torcer o nariz para os monstros de bolso, mas é indiscutível que a primeira geração de Pokémon foi o melhor entre os jogos de Game Boy dessa lista. Permitindo pela primeira vez a troca de monstros através do cabo Game Link, Pokémon Red e Blue pavimentaram o caminho para o sucesso da franquia e até hoje é considerado por muitos fãs como a melhor geração – embora não seja verdade.

jogos-de-game-boy-pokemon

Mesmo com um cenário muito desequilibrado – quem não lembra da hegemonia dos Pokémon psíquicos na época? -, Pokémon Red/Blue foi responsável por uma febre que demoraria anos para passar e foi um dos primeiros games a trazer o sentimento de colecionismo, algo usado como base até hoje, principalmente em jogos gratuitos de celular. Atualmente é possível jogar as versões originais do título comprando-os na eShop do 3DS.

Leia mais sobre games e cultura pop no Hobbismo:

Quais jogos de Game Boy ainda mantém na sua coleção?

Agora que listamos nossos jogos de Game Boy favoritos, chegou a sua vez de indicar: qual seu Top 10 dos games para o portátil, que se tornou um dos mais queridos da Nintendo? Comente conosco e deixe sua opinião!

http://hobbismo.com.br/wp-content/uploads/2018/03/jogos-de-game-boy-capa.jpghttp://hobbismo.com.br/wp-content/uploads/2018/03/jogos-de-game-boy-capa-150x150.jpgFilipe SallesGamesGame Boy,Games,jogos de Game Boy,Nintendo,retrogamesApesar de não ser o primeiro videogame portátil, o Game Boy foi o primeiro de muitos fãs da Nintendo, já provando desde aquela época a superioridade da gigante nipônica no que diz respeito a jogos portáteis. Embora hoje já seja possível jogar jogos da Nintendo no celular e até...Uma fonte, muito conteúdo