Há uma linha muito tênue entre o fã de boardgames e o de videogames. Ambos são competitivos, sabem o momento certo para trabalhar cooperativamente, gostam de saber mais informações de antemão, precisam saber as regras e o que estão fazendo, e o mais importante: ambos gostam de jogar. Pensando nisso, é claro que a ideia de juntar os dois é óbvia e coerente. Sendo assim, separamos cinco dos melhores boardgames baseados em videogames para aqueles que querem ter ambos os mundos nas mãos, nos dados e na competição.

1. BloodBorne: The Card Game

Este é, na verdade, um card game, mas segue as mesmas premissas do tabuleiro. Aqui, a diversão rola em duas partes: a primeira cooperativa e a segunda competitiva. No começo, os jogadores escolhem suas personificações de caçadores para seguir atrás de bestas monstruosas. Itens são adquiridos e usados, tudo isso enquanto sobem os andares da masmorra até se depararem com um chefe enorme e sanguinolento.

Na hora do confronto, a cooperação entre os caçadores é fundamental para a vitória, todos conversando entre si para definirem a melhor estratégia. Assim que a criatura é derrotada, está na hora dos amigos se tornarem inimigos e entrar na peleja. O último em pé passa a ser o principal nome e, consequentemente, o vitorioso. O jogo foi lançado no Brasil pela Galápagos Jogos.

board-games-baseados-em-videogames-bloodborne

 

 

 

 

 

 

 

2. XCOM: The Board Game

Se está procurando uma jogatina cooperativa com os amigos, esta versão em papelão do famoso game tático é uma excelente opção. Aqui jogamos como a XCOM, única frente da defesa da Terra contra uma invasão alienígena.

Os jogadores assumem cargos distintos, utilizando cartas como itens e armas. O desenrolar é controlado através de um app específico que controla toda a aventura e dá a tensão necessária para a galera se sentir imersiva. Há miniaturas para ajudar a dar uma cara ainda mais real para o jogo, além de várias fases que fazem com que cada partida e momento sejam duradouros na cabeça dos aventureiros. O jogo também foi lançado no Brasil pela Galápagos Jogos.

board-games-baseados-em-videogames-xcom

3. Monopoly: Nintendo

O bom e velho Banco Imobiliário com o jeito e carisma dos personagens da Nintendo. Aqui, todo o jogo rola como sempre: comprando objetos e vendendo, juntando grana e negociando com os amigos. A diferença é que não há imóveis, mas sim são nomes como Samus Aran de Metroid, Link de Zelda e a galera dos games do Mario que deverão ser “adquiridos” usando o dinheiro do jogo.

O pacote vem com seis peças brilhantes representando os tokens para o jogador, porém com a cara de itens icônicos como uma estrela, um cogumelo, a Master Sword, e até mesmo um Giroid da série Animal Crossing. Com certeza uma pedida empolgante para os fãs da Big N.

board-games-baseados-em-videogames-monopoly
4. The Witcher Adventure game

Com um mundo tão vasto, mais cedo ou mais tarde a série The Witcher acabaria ganhando vida nos boardgames. Nessa aventura para 2 até 4 jogadores, a galera assume o papel de personagens importantes como Geralt De Rivia e Triss Merigold. Ambos devem combater monstros e negociar com os outros jogadores. Ou simplesmente suborná-los para ter alguma vantagem ou conseguir o que quer.

A caixa vem acompanhada de miniaturas lindas representando os mais diversos seres do universo. Não faltam cartas e tokens para realizar as mais diversas combinações, além de um tabuleiro complexo estilizado. Por enquanto só há versões em inglês, então um conhecimento total da língua é necessário para o domínio da jogatina. Os fãs da série estarão em casa nesta disputa!

board-games-baseados-em-videogames-witcher

5. Batman: Arkham City Escape

Considerado por muitos – inclusive este que vos escreve – como um dos melhores games da geração passada de consoles, a série Batman Arkham também foi lançada para os jogos de tabuleiro. Aqui, dois jogadores se enfrentam com um sendo o Cavaleiro das Trevas enquanto que o outro comanda os vilões insanos que tentam fugir da famosa prisão/sanatório.

A mecânica envolve o herói combatendo no tabuleiro até vinte vilões famosos de sua galeria como o Coringa, Hera Venenosa, Charada e Bane. Ao ocuparem o mesmo quadro, ambos se enfrentam com itens e habilidades especiais. O verdadeiro desafio está em jogar como Batman, o jogador deverá usar de muita estratégia e inteligência para se consagrar vitorioso. Infelizmente, o jogo ainda não teve uma tradução para o português. board-games-baseados-em-videogames

Conheça mais sobre videogames e boardgames lendo o Hobbismo:

Quais boardgames baseados em videogames já jogou?

Curtir ambos os mundos é algo saudável que faz com que a interação só aumente com seus amigos e familiares. De vez em quando precisamos viver em nosso universo “para um jogador” nos videogames, mas também precisamos nos aventurar em grupos sempre que possível nos boardgames. E aí, quais desses títulos você já conhecia ou jogou? Tem indicações de outros? Participe deixando seu comentário e compartilhando a sugestão com seu grupo de jogo!

http://hobbismo.com.br/wp-content/uploads/2018/04/xcom_board_game.0.0-1024x683.jpghttp://hobbismo.com.br/wp-content/uploads/2018/04/xcom_board_game.0.0-150x150.jpgRicardo SyoziBoardgameBatman Arkham,Bloodborne,Board Games,Games,Monopoly,Nintendo,The Witcher,XCOMHá uma linha muito tênue entre o fã de boardgames e o de videogames. Ambos são competitivos, sabem o momento certo para trabalhar cooperativamente, gostam de saber mais informações de antemão, precisam saber as regras e o que estão fazendo, e o mais importante: ambos gostam de jogar. Pensando nisso,...Tudo sobre seus hobbies em um só lugar!